Desenvolvimento de Roteiro SI

Fonte: Wiki Escola de Ativismo
Ir para: navegação, pesquisa
Sessão

Desenvolvimento de roteiro em SI

Grupo de Participantes

Mínimo de 4 pessoas (2 grupos)

Objetivo

Exercitar a construção de um roteiro para processo de aprendizagem em SI.

Conteúdos

Entendendo as necessidades de grupos específicos (pré-produção);

Desenvolvimento de roteiro.

Como fazer

1. Preparação:

  • Desenvolver cases de vigilância.
  • Cada case terá uma pessoa facilitadora como responsável que irá representar a personagem do case.

Exemplos de cases:

Sou jornalista investigativo freelancer e uso basicamente telefone, email(gmail), whatsapp e facebook para me comunicar com minhas fontes. Pesquiso de tudo, mas meu interesse principal é corrupção e abuso de poder no âmbito das forças policiais. Trabalho com meu notebook pessoal e guardo informações sobre os casos que investigo nele, em pendrives e em HDs externos de backup. Guardo todo o meu equipamento em casa, mas muitas vezes ando com meu computador para fazer apurações, entrevistas... Também uso o google docs e o drive para escrever meus textos e compartilhar com pessoas amigas. Tenho acesso à tecnologia e à internet, mas me considero apenas uma pessoa usuária, não sei onde estão os riscos e como fazer para proteger minhas informações e minhas fontes.


2. Apresentar os casos (5 minutos para cada caso):

  • Cada personagem apresenta seu case no grupão e os grupos são divididos por cases.
  • Facilitadores apresentam um modelo de template para roteiros.

Orientações aos participantes:

  • O roteiro deve considerar o tempo previsto de Oficina, como começar, como terminar...
  • Considerar o público;
  • Considerar o espaço e materiais disponiveis (apresentar oque temos de materiais de tutoria);
  • Considerar a metodologia da Experiência da Aprendizagem Mediada (EAM).

3. Divisão dos grupos e entrevistas (15 minutos):

  • Os grupos se dividem e sentam com a personagem do seu case para uma conversa/entrevista.
  • A ideia é que os grupos consigam entender os hábitos da personagem e seu grupo, que riscos estão expostes, e que técnicas, ferramentas e conhecimentos devem passar na oficina a ser desenhada.

Para subsidiar a construção de um bom roteiro, os grupos devem estar atentos a questões relativas a forma de trabalho online e offline da personagem/grupo, as ameaças e riscos de seus hábitos e atuação, assim como a questões pedagógicas como a lingua (no caso de comunidades e indígenas), questões de genero, etc. Algumas perguntas possíveis são:

  • Já houve algum caso de vigilância?
  • Que dispositivos a personagem usa? Computador pessoal/corporativo? Celular pessoal/corporativo/emprestado?
  • Como o grupo se reúne?
  • Como é feita a maior parte das comunicações da personagem/grupo?
  • Como o grupo se organiza? Tem escritóios físicos ou se organiza online?

3. Construção de roteiro (30 minutos):

  • Os personagens se retiram dos grupos e segue a atividade de construção do roteiro a partir das informações coletadas.
  • As pessoas facilitadoras ajudam nesse processo chamando atenção para os módulos fundamentais do roteiro (sessões, materiais, quem faz, objetivos das sessões).
  • As pessoas facilitoras da atividade ficam acompanhando o grupo e ajudando com dúvidas sobre como fazer o roteiro e preparar a atividade. esse acompanhamento é feito sem interferência direta, sendo feito apenas quando solicitado.

4. Apresentação do roteiro (20 minutos por grupo):
Cada grupo irá compartilhar o roteiro desenhado e comentar suas principais dificuldades no processo.

Referências

Links, textos, guias, etc.

Tempo

1h30 – 2h

Materiais

projetor / flipchart
modelo de roteiro impresso: https://ativismo.org.br/wp-content/uploads/2016/12/RoteiroModelo.pdf

Dicas

Essa atividade consome bastante tempo dependendo do número de partecipantes, por isso considerar a preparação e energia do grupo durante o dia na qual será feita.
Essa atividade serve como preparação para "Facilitação de roteiros de SI" https://pad.riseup.net/p/facilitandosi e pode ser complementada praticando os roteiros desenhados.

TAGS
#roteiro
#aprendizagem
#segurançadainformação